Ana Paula Renault diz que Record omitiu racismo em A Fazenda 10

Em entrevistas recentes, Ana Paula Renault tem acusado a Record TV de ter omitido vários ataques racistas que o humorista Evandro Santos cometeu contra Luane Dias.

“Ele foi extremamente racista com a Luane, sim. Ela era a única mulher negra naquela edição do programa, e ele sempre fazia comentários”, declarou ela durante o Programa Pânico desta quarta-feira (10).

“Ele falava do cabelo dela, perguntava se ela lavava. E a Luane estava sempre trabalhando e arrumando as coisas na casa, mas, quando sentava para descansar, o Evandro dizia: ‘Isso é um absurdo, você é negra da favela e tem que trabalhar'”, completou.

A primeira vez que a ex-apresentadora falou sobre o assunto foi durante uma entrevista que viralizou essa semana.

Por isso, o programa da Jovem Pan a convidou para falar mais sobre o caso. Como integrante de A Fazenda 10, que foi ao ar em 2018, Renault disse que presenciou cenas muito fortes que não foram para o ar.

a fazenda

Essas cenas mesmos de Evandro Santos ofendendo Luane não foram exibidas, assim como a cena que, segundo Ana Paula, o grande vencedor daquele ano, Rafael Ilha, ameaçou degolar um dos câmeras do programa.

Ela declarou também que Evandro Santos atacava Gabi Prado por sua religião. “Não apareceu na Record, mas se pedir eles têm a fita. Ele não gostava da Gabi e usava a própria religião para atacá-la, ficava dizendo que faria ‘macumba’ contra ela”.

No podcast PodDarPrado#16, Ana Paula revelou que o clima era de tanta insegurança que a cantora Perlla chegou a dormir com uma faca debaixo do travesseiro com medo de ser atacada durante a noite por algum dos integrantes da casa.

Deixe um comentário